Notícias

Registro de furtos e roubos a residências cai 8% em Goiânia

O secretário da Segurança Pública e Administração Penitenciária de Goiás, Joaquim Mesquita, reforça a necessidade de mudanças urgente na legislação penal para que quem pratique crimes graves possam ficar mais tempo presos. Dessa maneira, acredita, haveria uma redução maior nos indicadores de criminalidade.  “Embora a estatística comprove a redução importante nos indicadores, infelizmente observa-se que, em razão da legislação frouxa e sensação de impunidade, os criminosos parecem estar cada vez mais violentos e ousados”, diz.

Seis das sete ocorrências de alta prioridade monitoradas pela SSPGO  tiveram queda nos cinco primeiros meses de 2015

Os cinco primeiros meses do ano registraram um decréscimo de 8,13% no número de ocorrências de furtos e roubos a residências em Goiânia. Levantamento concluído nesta quinta-feira (11/6) pelo Observatório de Segurança da Secretaria da Segurança Pública de Goiás aponta que, de janeiro a maio de 2015, ocorreram 1.998 casos do tipo na capital. No ano passado, no mesmo período, foram 2.175 – uma diferença numérica de 177 casos.

Furtos e roubos a residências – Goiânia

residenciamaiogyn

 

 

Somente em relação aos furtos a residências, a queda chegou a aproximadamente 14%. O levantamento mostra que houve diminuição em seis das sete ocorrências de alta prioridade relacionadas a crimes contra o patrimônio na capital. Tiveram redução nos cinco primeiros meses do ano os registros de furto a estabelecimento comercial (menos 29,7%), roubo a estabelecimento comercial (menos 21,6%), roubo de veículo (menos 20,3%), furto de veículo (menos 18,6%) e roubo a transeunte (menos 5%).  O único indicador entre os de alta prioridade que teve aumento foi o de roubo a residência (acréscimo de 29% no período).

O decréscimo nas ocorrências de furtos e roubos em residências caiu também em todo o Estado. A queda nos registros do tipo no Estado foi de 3,4% nos cinco primeiros meses do ano, em relação ao mesmo período de 2014. Em relação aos furtos, houve diminuição de 6,8% em Goiás. O Entorno do Distrito Federal é outra região que teve dados positivos em relação a essa modalidade criminosa, com 13,1% registros a menos que no ano passado.

Furto e roubo a residências – Goiás

residenciamaiogo

 

Os indicadores, especialmente em Goiânia, refletem a ação das forças policiais. Somente na última quarta-feira, duas grandes quadrilhas que agiam na capital foram presas. Uma delas, formada por nove pessoas, atuava na Região Metropolitana e foi presa por policiais do 8º Batalhão da Polícia Militar, no Setor Serra Dourada. Com os criminosos, foram encontrados objetos e carros roubados, armas e drogas.

De acordo com os policiais que atenderam a ocorrência, os bandidos, que foram levados para o 1º Distrito Policial, chegaram a manter vítimas em cárcere privado e agiam com muita violência.

Copyright © 2012 Eurosec.

Todos direitos reservados.

Escudo Eurosec