Notícias

Moradores devem ficar atentos à sinalização de prédios em Goiânia

Toda construção com mais de quatro andares ou 12 metros de altura precisa ter o equipamento, que possui o sistema relé fotocélula, ou seja, liga a luz vermelha quando anoitece. O mesmo vale para antenas, torres e guindastes.

Moradores de prédios de Goiânia devem ficar atentos à sinalização no topo das construções. O equipamento luminoso orienta as aeronaves, o que evita acidentes e ajuda em situações de emergência. Caso a imóvel não tenha as luzes vermelhas, a população pode denunciar a irregularidade no site doDepartamento de Controle do Espaço Aéreo.

“A gente percebe que alguns prédios e algumas antenas de celular e rádio estão faltando com essa sinalização e, para nós que voamos, dificulta e torna um pouco perigoso porque a gente não tem essa noção da altura que a gente tem que voar”, explica o piloto.



A maioria da população desconhece a necessidade desse item de segurança. O cantor Giovanne Amaral, por exemplo, conta que não observou o requisito ao adquirir um apartamento na capital. "Na verdade a gente preocupa mais é com área de lazer, com a churrasqueira, academia, piscina, sauna, para mim é um detalhe novo que eu desconhecia", confessa.

O Corpo de Bombeiros é responsável por fiscalizar a sinalização dos prédios. A corporação só pode liberar o Habite-se, documento que atesta que o edifício está pronto para receber seus ocupantes, se o prédio estiver devidamente adequado às normas de segurança.

Além de ter o equipamento, é necessário fazer a manutenção. Cada lâmpada tem uma vida útil de duas a três mil horas.

O piloto Fersan Nassur Júnior relembra um acidente que ocorreu em Londres, onde um helicóptero colidiu contra um guindaste no topo de um prédio em  construção. Na ocasião, duas pessoas morreram. O comandante acredita que se o equipamento estivesse funcionando, o acidente poderia ter sido evitado.

Copyright © 2012 Eurosec.

Todos direitos reservados.

Escudo Eurosec