Atendimento 24h
0800 648 3838
(62) 3255-5004

Notícias

Ministério Público propõe suspensão de torcidas organizadas

O Ministério Público do Estado de Goiás propôs uma ação civil pública para que as torcidas organizadas Força Jovem (Goiás) e Esquadrão Vilanovense (Vila Nova) sejam suspensas por 240 dias e a Dragões (Atlético Goianiense), por 30 dias. O anúncio foi feito em reunião entre promotores, Polícias Civil, Militar, Rodoviária Federal e Estadual, entre outros órgão, realizada na quarta-feira (18/4), na sede do MP.

Se a liminar for concedida, os integrantes das torcidas organizadas não poderão entrar nos estádios uniformizados, com bandeiras ou qualquer outro item de identificação. A medida valerá para jogos dos campeonatos goianos e brasileiro.

O MP também fez recomendação à Polícia Militar para que os policiais adotem atividades rotineiras de torcedores de torcidas organizadas em vias públicas. O documento foi feito após a constatação de que os últimos casos de mortes de torcedores terem sido registrados fora dos estádios.

Clássico
Vila Nova e Goiás se enfrentam pela semifinal do Campeonato Goiano neste domingo (22/4). Para o jogo, será preparado uma estrutura com três delegados, 500 policiais e um juizado com presença de profissionais do Instituto Médico Legal e de Criminalística. Membros da Ordem dos Advogados do Brasil também estarão no local.

Também ficou decidido que, entre 13h e 19h de domingo, qualquer fato registrado em um raio de cinco quilômetros que não for considerado crime será autuado de acordo com o Estatuto do Torcedor.

Crianças menores de 13 anos somente poderão entrar no estádio se acompanhados dos responsáveis. Os demais torcedores serão abordados aleatoriamente e devem apresentar documento de identificação, que poderá ser verificado em um sistema de registros criminais. Também haverá fiscalização da ação de cambistas. Já os ambulantes poderão trabalhar até 15 minutos antes do início do primeiro tempo.

reunião para discutir sobre torcidas organizadas

Trânsito
O trânsito na região do Estádio Serra Dourada será controlado pela Agência Municipal de Trânsito e pela Polícia Rodoviária Federal. Os policiais da “Balada Responsável” também devem autuar motoristas que dirigirem embriagados.

Já a Guarda Municipal vai reforçar a vigilância em parques como o Flamboyant e o Vaca Brava, onde foi registrado recentemente um caso de morte de torcedor. O autor do crime praticado no Vaca Brava foi denunciado criminalmente pelo promotor de Justiça Paulo Pereira na sexta-feira (20/4). A Praça do Cruzeiro também receberá mais guardas.

As redes sociais também serão monitoradas pelas Polícias Civil e Militar para evitar a incitação a práticas violentas e criminosas por membros de torcidas organizadas. (Com informações do Ministério Público do Estado de Goiás)

 

Fonte: A Redação

Copyright © 2012 Eurosec.

Todos direitos reservados.

Escudo Eurosec