Notícias

Jovens filhos de empresários são presos por roubos em Goiânia

Três jovens, com idade entre 18 e 25 anos, foram presos no sábado (6) suspeitos de assaltar um posto de combustíveis e uma mercearia, em Goiânia. Imagens de câmeras de segurança mostram quando dois deles rendem um frentista e roubam R$ 200. Filhos de empresários,  os rapazes afirmaram, após serem detidos, que não necessitam de dinheiro. “Nunca precisei de dinheiro”, disse Wanderley Pereira da Silva Neto. O amigo Henrique Damando Peixoto também alega que “tinha dinheiro, não precisava”.

 

A declaração dos jovens revoltou aos policiais que os prenderam. Segundo o tenente da PM Antônio Carlos Morais Júnior, um dos rapazes o relatou que ganha R$ 10 mil por mês. “Não dá para entender. E assim, nossa sociedade fica aí a mercê até de classe média, até de classe média alta cometendo roubo”, disse o tenente.
 
 
A situação também deixou indignada a proprietária da mercearia assaltada. De acordo com a comerciante, que não quis se identificar, os jovens levaram tudo que tinha no caixa, cerca de R$ 100. “Se não precisa, então como é que roubou, né? Como é que foi roubar? É estranho falar que não precisava. Eu estava trabalhando. É o meu ganha pão. Então a pessoa chega lá e rouba a única coisinha que a gente tem”, disse a vítima.
 
 
Prisão
Os jovens foram presos porque, depois de assaltar a mercearia, uma testemunha anotou a placa do carro que eles fugiram, um VW Golf. Policiais militares localizaram o veículo e apreenderam com o trio um revólver, uma porção de maconha e R$ 600.
 
 
O celular de um dos supeitos também foi vistoriado pelos policiais. Mensagens compartilhadas entre eles pelo aplicativo Whatsapp mostram a intenção de cometer crimes. Apesar das declarações de que têm condições financeiras, eles escreveram que precisavam de dinheiro para ir a uma festa. “Uai, velho, tem a festa lá, né? Tenho grana, mas é pouco, se você arrumasse uma moto, era o canal", disse um deles. Em resposta, Henrique diz: “Vamos fazer igual nós fizemos. Você para na esquina”.
 
 
A Polícia Civil autuou o trio em flagrante por assalto e uso de drogas. Eles foram transferidos pra carceragem da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos, onde havia vaga para os três. Procurados na manhã desta segunda-feira (8), agentes de polícia não souberam informar se eles continuam detidos no local.
Via: CenárioMT.COM

Copyright © 2012 Eurosec.

Todos direitos reservados.

Escudo Eurosec