Notícias

Eixo Anhanguera e terminais de ônibus da Grande Goiânia são alvos da ação de criminosos

Segundo dados da Secretaria de Segurança Pública e Justiça do Estado de Goiás (SSPJ-GO), no ano passado, foram registradas 3.680 ocorrências de furtos e roubos a usuários do transporte coletivo, na Capital, dentro dos veículos e nos terminais e pontos de espera. Os crimes ocorreram, majoritariamente, no Eixo Anhanguera, principal corredor do sistema de transporte coletivo da região metropolitana de Goiânia. Ele corta a cidade de leste a oeste, com suas 19 plataformas de embarque e cinco terminais de transbordo ao longo dos seus 13,5 quilômetros de extensão. A empresa Metrobus Transporte Coletivo S/A, responsável pela exploração do serviço, informa que aproximadamente 200 mil pessoas utilizam o Eixo Anhanguera nos dias úteis, somando os passageiros da linha e aqueles das 80 linhas integradas ao sistema. De acordo com a Polícia Militar do Estado de Goiás (PM-GO), parte considerável dos furtos e roubos ocorre durante o embarque dos passageiros nos veículos e durante o tempo de espera nas plataformas dos terminais e nos pontos de espera. Ainda de acordo com a corporação, a distração dos passageiros e a exibição de objetos de valor como joias, relógios, óculos escuros, smartphones e celulares seriam responsáveis pelas ocorrências. O uso de fones de ouvido e a displicência ao portar carteiras e bolsas também tornam o usuário do serviço vulnerável à ação dos criminosos.
Policiais militares, nos terminais de ônibus, e vigilantes particulares, nas plataformas de embarque, são empregados na tentativa de reduzir e coibir as ocorrências de crimes nos ônibus, terminais e plataformas, resultado de uma parceria entre a Metrobus S/A e a SSPJ. Como estratégias para enfrentar a insegurança no transporte coletivo, policiais militares, em duplas, a pé ou a bordo de viaturas, fazem rondas nos locais, ou embarcam em alguns dos 61 ônibus articulados e 35 biarticulados, transitando entre uma plataforma e outra. A Metrobus S/A também disponibiliza diariamente agentes de segurança contratados de uma empresa terceirizada, nos terminais e plataformas, das 5h30 às 23h. Eles são três vigilantes que se alternam, nos três turnos do dia, em cada uma das plataformas de embarque. Nos terminais, são 20 vigilantes divididos por turnos.
Viagem mais segura
Alternativa também utilizada com fins ao combate aos furtos e roubos aos passageiros são as câmeras de vigilância. Elas estão instaladas nos terminais Padre Pelágio, Dergo, Praça A, Praça da Bíblia e Novo Mundo, que compõem o Eixo Anhanguera e em outros terminais da Capital e região metropolitana, a exemplo do Terminal Araguaia, Bandeiras, Cruzeiro, Garavelo, Isidória, entre outros. De acordo com a PM, são cerca de 400 câmeras de monitoramento instaladas nos 14 terminais de integração geridos pela Rede Metropolitana de Transportes Coletivos (RMTC). A corporação também promove o “Bom Dia Cidadão”, patrulhamento de áreas próximas aos pontos de ônibus e terminais de bairros periféricos da Grande Goiânia com o objetivo de coibir crimes no início da manhã, quando é maior o fluxo de usuários do sistema.
No ano passado, a PM realizou a Operação Viagem Mais Segura no Eixo Anhanguera. Durante as abordagens a passageiros suspeitos realizadas em toda a extensão do trecho e nas imediações seguindo informações de denúncias anônimas sobre tráfico de drogas e prostituição. Na época, foram apreendidas armas de fogo, munições, armas brancas, quantidades de drogas e cachimbos para consumo de crack. Suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas foram presos e um foragido da Justiça recapturado.
A PM adverte aos usuários do transporte coletivo a estarem sempre atentos aos seus pertences, em especial durante o tempo de espera nos terminais e plataformas, o embarque e a permanência no interior dos coletivos. Objetos pessoais como bolsas, carteiras, dinheiro, óculos e aparelhos eletrônicos devem estar dentro do campo visual da pessoa e sempre em local seguro, ou seja, guardados junto ao corpo.

6xnpt-5940da24445de7d60807950194e426c2-195191512.jpg

Copyright © 2012 Eurosec.

Todos direitos reservados.

Escudo Eurosec